Avenida Pasteur, nº 154, 12º andar - Botafogo - Rio de Janeiro, RJ, Brasil
+5521991291074

Economia Circular: o que é?

O Blog da Polen é um espaço exclusivamente dedicado ao compartilhamento, divulgação e publicação de notícias, artigos, colunas e relatórios sobre o universo dos resíduos sólidos no Brasil e no mundo. Aqui você encontrará conteúdo relevante, escrito por profissionais com experiência e vivência no setor. Dentre as pautas a serem abordadas, estão: guias de boas-práticas na gestão de resíduos; legislação e regulação do setor; novas tecnologias, soluções e aplicações para o reaproveitamento, reuso e reciclagem dos resíduos; economia-circular; logística-reversa e muito mais!

Economia Circular: o que é?

O tema economia circular está em alta, o termo nunca foi tão discutido como os últimos tempos. Entretanto, entender como funciona o processo de muitas empresas é o primeiro passo para compreender o motivo desta nova metodologia aparecer.

Os produtos que usamos para todos os aspectos da vida são muitas vezes projetados e fabricados com pouca atenção para os recursos consumidos ao fazê-los e/ou o que acontece com eles no final do ciclo de vida. Além das compras mais caras que fazemos, como um carro ou uma casa, a despesa em reparar um produto quebrado é maior do que comprar um novo. Assim, toneladas de resíduos são produzidos e encaminhados para aterros sanitários.

Esses produtos não são projetados para reutilização, reparo, reforma ou para serem remanufaturados. Esta mentalidade de “pegar-usar-jogar fora” criou a chamada economia linear, que utiliza a energia de fontes finitas, gerando resíduos sem finalidade. Esse sistema, a longo prazo, contribui para o esgotamento da matéria-prima de origem natural e para a elevação dos custos incorridos pelas empresas ao comprá-la, e a curto prazo, gera resíduos nocivos ao meio-ambiente e a nós.

Processo da Economia Linear

Processo da Economia Linear / Crédito: Green Nation Ref: Livro Gestão Empresarial para a Sustentabilidade em tempos de Mudanças Climática, Editora Manole, 2015

 

Com a crescente preocupação de empresas e consumidores em relação à preservação do meio ambiente, tal ciclo foi se torna cada vez mais insustentável. Somado a isso, grandes gastos com despejo de resíduos e extração de matéria-prima foram influenciando novas ideias para torná-lo financeiramente mais lucrativo. Como resposta à essas questões, surgiu o conceito de economia circular. A tese central da economia circular é garantir que podemos desfazer tudo o que fazemos. 

Uma economia circular baseia-se nos três princípios seguintes:

1 – Eliminar do projeto os conceitos de Lixo e Poluição;
2 – Manter produtos, materiais e energia em uso;
3 – Regenerar ecossistemas;

 

Processo da Economia Circular

Processo da Economia Circular / Crédito: Green Nation Ref: Livro Gestão Empresarial para a Sustentabilidade em tempos de Mudanças Climática, Editora Manole, 2015

 

 

Ao usar a abordagem da economia circular, projetamos produtos para que seu uso se estenda ao longo do maior tempo possível, ou temos em nossa estratégia o reparo, remanufaturamento, reciclagem, renovação, ou qualquer prática que vise reaproveitar as propriedades e energia do produto original com a finalidade de recolocá-lo no mercado e aumentar seu ciclo de vida. Um exemplo de aplicação dessa economia é o upcycling, que ressignifica algo (sem intervenções químicas) que viraria lixo e não possuía mais valor comercial, e o retorna ao mercado com uma nova proposta, diferente da original.

Uma economia circular é uma alternativa à economia linear tradicional na qual mantemos os recursos em uso pelo maior tempo possível, extraímos o valor máximo deles enquanto em uso, depois recuperamos e regeneramos produtos e materiais ao final de cada vida útil. Importante aqui ressaltar que o que é chamado de “resíduo”, em geral, é tratado pela economia circular como material. 

Por que transição para a economia circular?

Pesquisas e evidências internacionais crescentes mostram inúmeros benefícios da economia circular em relação à economia linear tradicional. Podemos citar:

  • economia de custos a longo prazo;
  • aumento de oportunidades de emprego locais;
  • incentivo à inovação técnica;
  • reduzir a quantidade de resíduos nocivos produzidos;
  • reverter nossos impactos na mudança climática.

Quando os materiais que compõem um produto são reutilizados em vez de colocados em um aterro, não apenas esse material não é mais desperdiçado, mas novas matérias-primas não precisam ser extraídas da natureza. Reduzimos então a demanda por recursos ecossistêmicos, conservando-os. Como consequência, aumentamos a qualidade de vida humana e, também, reduzimos o custo de produção das empresas assim como os impactos gerados em sua produção.

A transição para a economia circular é a garantia do futuro das empresas e o caminho para termos um planeta mais limpo.

Entendendo a economia circular, que tal começar a implementá-la e sair na frente dos seus concorrentes? Não sabe por onde começar? Entre em contato conosco, temos uma equipe com vasta experiência para te auxiliar. Participe também do nosso grupo do Facebook, clicando em Resíduos Sólidos no Brasil – Polen, e faça parte de um ambiente propício ao networking da área e que está sempre sendo atualizado com notícias do setor.

Gera algum resíduo em seu processo produtivo? Cadastre na nossa plataforma. O que é resíduo para uma indústria, é matéria-prima para outra.

Vamos juntos para um futuro mais próspero!

Baixe agora a planilha gratuita "Gestão de Resíduos"!

Submit your review
1
2
3
4
5
Submit
     
Cancel

Create your own review

Blog da Polen - Tudo sobre resíduos!
Average rating:  
 0 reviews

 

2 comentários

  1. Elisia Rangel disse:

    Quero participar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *